+55 11 2581-5580

 +55 11 2581-7453

Gás Amônia  (NH3)

Amônia ou Amoníaco é um composto químico constituído por um átomo de nitrogênio (N) e por três átomos de hidrogênio (H). Estes átomos distribuem-se numa geometria molecular piramidal trigonal e a fórmula química do composto é NH3.

COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES

Natureza Química: “Este produto químico é uma substância pura”.

      Ingredientes ativos Amônia

      Peso Molecular 17,03

      N°  CAS 7664-41-7

      Fórmula Molecular NH3

      Classificação Toxicológica Asfixiante

 

Sinônimos: Amônia; Amônia Anidra

 

Classificação e rotulagem de perigo

GRAU

4       Extremo

3       Grave

2       Moderado

1       Leve

0       Mínimo

RISCO

Saúde

Inflamabilidade

Reatividade

1

0

3

IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS

Perigos mais importantes

Devido a grande solubilidade em água, a amônia na forma gasosa se dissolve nas mucosas dos olhos e trato respiratório superior,
exercendo efeito irritante intenso e dano celular pela sua ação cáustica alcalina.

Efeitos do Produto

O contato com a amônia líquida pode causar severas queimaduras nos olhos e na pele.

 

      Efeitos adversos à saúde humana

A inalação da amônia gasosa em grandes concentrações pode inibir os reflexos respiratórios e causar morte.

 

      Efeitos Ambientais

Pode contaminar cursos de águas, tornando-os impróprios para uso em qualquer finalidade. Altas concentrações no ar põem em risco a vida humana e animal.

 

      Perigos físicos e químicos

A amônia é um produto alcalino que emite calor quando reage com ácido. Em contato com halogênios, boro, 1.2 dicloroetano, óxidos de etileno, platina, triclorato de nitrogênio e fortes oxidantes, pode causar reações potencialmente violentas ou explosivas. Em contato com metais pesados e seus compostos pode formar produtos explosivos. Em contato com cloro e seus compostos pode resultar a liberação de gás cloroamina. A amônia pode produzir significativa mistura explosiva quando em contato com hidrocarbonetos. O produto também é incompatível com aldeído acético, acroleína, hidrazina, ferrocianeto de potássio.

 

      Perigos específicos

A amônia se vaporiza rapidamente. O gás é mais leve do que o ar. A amônia é estável quando armazenada e usada sob condições normais de estocagem e manuseio.
Acima de 450 ºC pode se decompor liberando nitrogênio e hidrogênio. Não ocorre polimerização.

Principais Sintomas

A inalação pode causar dificuldade respiratória, broncospasmo, queimaduras nas mucosas da boca, faringe e laringe, constrição e dor torácica e salivação. Dependendo da concentração e do tempo de exposição, o quadro respiratório pode evoluir com edema e espasmo de glote, asfixia, cianose, edema pulmonar, parada respiratória e morte. O contato da amônia líquida com a pele pode causar queimaduras graves. A exposição dos olhos à amônia na forma gasosa pode causar lacrimejamento, vermelhidão e inchamento das pálpebras. Os acidentes com amônia líquida nos olhos são sempre graves, podendo causar perda permanente da visão. A exposição repetida ao produto pode causar bronquite crônica.

MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS

Medidas de Primeiros Socorros

Levar o acidentado para um local arejado. Interromper imediatamente a fonte de emissão do gás. Se o acidentado estiver inconsciente e não respirar mais, praticar respiração artificial ou oxigenação. Encaminhar ao serviço médico mais próximo levando esta ficha.

 

Inalação

Remover a pessoa para local arejado. Se não estiver respirando, faça respiração artificial, utilizando aparelho de reanimação manual (ambu), ou respiração boca a boca. Se respirar com dificuldade, consultar um médico imediatamente.

 

Contato com os olhos

O atendimento imediato é fundamental. Os primeiros 10 segundos são críticos para evitar cegueira. Lave os olhos com água corrente durante 15 minutos, levantando as pálpebras para permitir a máxima remoção do produto. Após estes cuidados encaminhe imediatamente ao médico oftalmologista.

 

Contato com A PELE

Retire rapidamente as roupas e calçados contaminados e lave as partes atingidas com água corrente em abundância durante 15 minutos.

 

Ingestão

Não aplicável por tratar-se de um gás.

 

Quais ações devem ser evitadas

Não induzir ao vômito. Não administrar líquidos a acidentado torporoso, inconsciente ou em crise convulsiva.

 

Proteção para os prestadores de primeiros socorros

 Proteção respiratória adequada.

 

Descrição breve dos principais sintomas e efeitos

A amônia é tóxica por inalação e tem efeito cáustico quando em contato com o corpo.

 

Notas para o médico

A rápida penetração da amônia líquida nos tecidos dos olhos pode provocar perfuração da córnea, catarata tardia, glaucoma, irite e atrofia da retina. Acidentes por inalação de gases irritantes requerem observação médica para a prevenção de edema pulmonar de instalação tardia, até 48 horas após a inalação. Pode ocorrer pneumonite química aguda na inalação de amônia em concentrações elevadas, mesmo em curtas exposições.

MEDIDAS DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO

Meios de extinção apropriados

CO2, pó químico e água.

 

Procedimentos Especiais

Máscara autônoma deve ser utilizada para evitar a exposição a gases e fumos provenientes da combustão do produto. Se possível, fechar o fornecimento do gás. Retirar todo o pessoal da área. Chamar os bombeiros. Mantendo-se à distância e bem protegido, resfriar por 24 horas.

 

Perigos específicos

 Apresenta risco moderado quando exposto ao calor ou chama. Em presença de óleo e outros materiais combustíveis aumenta o risco de fogo. Sob ação de calor, pode se decompor liberando gases nitrosos tóxicos (NOx).

 

Métodos especiais

Evite aplicação de excesso de água, pois poderá haver contaminação de cursos de água.

 

Proteção dos bombeiros

Utilizar equipamentos de proteção individual, principalmente proteção respiratória. Em caso de fogo existe a possibilidade de decomposição com liberação de gases tóxicos. Utilize máscara autônoma ou mascara com ar mandado e, roupas de PVC.

MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO OU VAZAMENTO

Precauções pessoais

Utilizar EPI conforme descrito no Item 8. Linha de ar comprimido respirável isenta de óleo ou aparelho de respiração autônomo deve estar disponível para situações de emergência em locais confinados.

 

Remoção de fontes de ignição

Apresenta risco moderado quando exposta ao calor ou chama.

 

Controle de poeira

Não aplicável por tratar-se de um gás.

 

Prevenção da inalação e do contato com a pele, mucosas e olhos

Utilizar roupas e acessórios conforme descrito acima, no Item Precauções Pessoais.

 

Precauções para o meio ambiente

Pode contaminar cursos de águas, tornando-os impróprios para uso em qualquer finalidade. Altas concentrações no ar põem em risco a vida humana e animal.

 

Sistemas de alarme

Armazenamento em locais fechados é recomendável a instalação de sistema fixo de detecção.

 

Métodos para limpeza

Utilize equipamentos de proteção individual, isole a área, remova toda fonte de ignição e providencie ventilação adequada para dispersar o gás.

 

Recuperação

Se possível realizar a transferência do produto.

 

Neutralização

Resulta liberação de calor.

 

Disposição

Não aplicável.

 

Prevenção de perigos secundários

Reveja orientações contidas nos campos anteriores.

MANUSEIO E ARMAZENAMENTO

Manuseio

Medidas técnicas

Utilizar o produto somente em áreas bem ventiladas.

 

      Prevenção da exposição do trabalhador

Utilizar EPI conforme descrito no Item 8. Não comer, beber ou fumar durante o manuseio do produto. Não utilizar equipamentos de proteção individual e de aplicação danificados ou defeituosos. Não desentupir bicos, orifícios, tubulações e válvulas com a boca.

 

Prevenção de incêndio e explosão

Reveja orientações contidas nos campos anteriores.

 

Precauções para manuseio seguro

Para reduzir a possibilidade de risco potencial à saúde, assegure ventilação diluidora suficiente ou existência de exaustão no local para controlar a concentração ambiente a níveis baixos. Utilizar sempre os equipamentos de proteção individual.

 

Orientações para manuseio seguro

Evite contato com materiais incompatíveis e contaminações ambientais, conforme mencionado nos campos anteriores

 

Armazenamento

Medidas técnicas apropriadas

  Dotar o sistema de válvulas de segurança.

Condições de armazenamento

Siga a orientação do fabricante do equipamento.

Adequadas

  Utilize sempre material especificado compatível com amônia (tubulação: aço carbono – ASTM A 106; Tanques: aço carbono – normalizado - ASTM A 285 / A 515 / A 516).

      Evitar

Fontes de calor.

 

     

Sinalização de risco

Placas contendo a indicação de GÁS TÓXICO.

 

      Produtos e materiais incompatíveis

 Vide informações anteriores.

 

Materiais seguros para embalagens

      Recomendadas

Utilize sempre material especificado compatível com amônia.

 

      Inadequadas

Evitar material incompatível.

CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL

Medidas de controle de engenharia

Providenciar uma ventilação adequada ao local de trabalho. Realizar as operações em áreas ventiladas. Sempre evitar o acúmulo de gás acima do limite inferior de flamabilidade.

 

Parâmetros de controle específicos

      Limites de exposição ocupacional

L.T.: 20ppm/14 mg/m³ .

ACGIH: 25ppm/17mg/m3.

 

      Indicadores biológicos

Não disponíveis.

Procedimentos recomendados para monitoramento

Procedimentos recomendados para monitoramento: submeta os indivíduos expostos a provas periódicas de função respiratória; o exame médico periódico deve enfatizar a possibilidade de ocorrência de hiper-reatividade brônquica em exposições de longo prazo.

 

Equipamentos de proteção individual

      Proteção respiratória

 Máscara Panorama com filtro para NH3 ou combinado. Em grandes concentrações utilize máscara autônoma (pressão positiva) ou máscara com ar mandado.

 

      Atenção

máscaras com filtros mecânicos, não protegem trabalhadores expostos à atmosfera deficiente de oxigênio.

 

Proteção para as mãos

Utilize luvas de PVC de cano longo.

 

      Proteção para os olhos

Use óculos de segurança contra produtos químicos ou protetor facial.

 

      Proteção da pele e do corpo

Utilize roupas de PVC.

 

      Precauções especiais

Dote a área de chuveiros de emergência e lava-olhos. Nunca coma, beba ou fume em área de trabalho. Pratique boa higiene pessoal principalmente antes de comer, beber e fumar.

 

      Medidas de higiene

Mantenha os locais de trabalho dentro dos padrões de higiene. Conscientize periodicamente os funcionários sobre o manuseio seguro e os riscos que a amônia oferece.

PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS

  Estado físico: Gás comprimido liquefeito

  Cor: Incolor

  Odor: Odor característico, pungente, sufocante

  pH: Alcalino

  Temperaturas específicas ou faixas de temperatura nas quais ocorrem mudanças de estado físico:

      Ponto de ebulição: -33,35 ºC (dados de literatura).

      Faixa de temperatura de ebulição: Não aplicável.

      Faixa de destilação: Não aplicável.

      Ponto de fusão -77,7 ºC (dados de literatura).

  Temperatura de decomposição: Não determinado

  Ponto de fulgor: Não aplicável

  Temperatura de autoignição: 850 ºC (651 ºC – quando na presença de ferro como catalisador).

  Limite de explosividade superior / inferior:  25% / 16%.

  Pressão do vapor:  Não aplicável

  Densidade de vapor: 0,597 (ar seco a 0 ºC e 1 atm).

  Densidade:  Não aplicável

  Solubilidade: Solúvel em água (liberação de calor).

  Coeficiente de partição octanol/água: Não determinado.

  Taxa de evaporação: não determinado.

  Outras informações: Apesar da amônia possuir limites de explosividade, deve prioritariamente ser tratada como gás tóxico, não devendo ser esquecido porém quando da realização de trabalhos a quente, sua característica de inflamabilidade a altas temperaturas.

ESTABILIDADE E REATIVIDADE

Instabilidade

O produto é estável quando armazenado e usado sobre condições normais de estocagem e manuseio. Decompõe-se acima de 450 ºC. Não ocorre polimerização.

 

Reações perigosas

Reage com os produtos relacionados abaixo.

 

Condições a evitar

Evite contatos com ácidos.

 

Materiais ou substâncias incompatíveis

Halogênios, boro, 1.2 dicloroetano, óxidos de etileno, platina, triclorato de nitrogênio, oxidantes fortes.

 

Necessidade de adicionar aditivos e inibidores

Não aplicável.

 

Produtos perigosos da decomposição

Sob a ação do fogo pode se decompor liberando gases nitrosos tóxicos (NOx).

INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS

Informações de acordo com as diferentes vias de exposição:

Toxidade aguda

Amônia é tóxica por inalação. Sensibiliza o olfato de algumas pessoas em concentrações ambientais de 5 ppm e a maioria delas com 25 ppm. A 50- 100 ppm muitas pessoas experimentam irritação. Dependendo da concentração, o vapor de amônia pode causar irritação imediata dos olhos, nariz e garganta, tosse e dificuldade de respirar. Exposição a elevadas concentrações, mesmo por curtos períodos, pode resultar em dano pulmonar. Pode ocorrer pneumonite química aguda. Edema pulmonar pode se instalar até 48 horas depois de exposições severas.

Efeitos locais

Contato com a pele - vapor de amônia tem efeito irritante sobre a pele na presença de suor; respingos do líquido ou contato com vapor podem causar queimadura química e por resfriamento.

Contato com os olhos – vapor em baixas concentrações pode causar irritação e lacrimejamento; em mais altas concentrações (acima de 1000 ppm) pode causar dano severo.

Na ingestão

causa corrosão e dano imediato ao trato gastrintestinal.

Sensibilização

Evite contato com o produto. Utilize sempre os equipamentos de proteção individual.

Toxidade crônica

 Exposição reiterada a concentrações acima dos limites de tolerância para exposição ocupacional pode determinar distúrbios funcionais respiratórios.

Efeitos toxicologicamente sinérgicos

Tabagismo, no desenvolvimento de bronquite crônica.

Efeitos ESPECÍFICOS

Não tem efeito carcinogênico, segundo a International Agency for Research in Cancer – IARC.

Substâncias que causam efeitos:

Aditivos

poeiras e outros gases irritantes, quando inalados.

Potenciação

Devido à suscetibilidade individual das pessoas, evite contato com o produto. Utilize sempre os equipamentos de proteção individual.

INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS

Efeitos Ambientais, comportamentais e impactos do produto

      Mobilidade: A amônia é altamente volátil

      Persistência/degradabilidade: O produto liberado tende a formação de hidróxido deamônio (NH4OH).

      Bioacumulação: As plantas têm uma afinidade elevada para com a amônia gasosa.

      Comportamento esperado: Rápida dissipação da nuvem gasosa.

      Impacto Ambiental: Devido à natureza corrosiva da amônia, animais expostos a este produto poderão sofrer danos teciduais e ser levados a morte, dependendo da concentração ambiental. As plantas contaminadas com a amônia podem adversamente ser afetadas ou destruídas.

     Ecotoxicidade: A amônia é muito solúvel em água e mesmo em concentrações baixas se torna prejudicial à vida aquática.

INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE

Regulamentações nacionais e internacionais

      Terrestres: Decreto nº 96.044 de 18.05.88 – Aprova o regulamento para o transporte Rodoviário de Produtos Perigosos.

      Marítimo: IMDG – International Maritime Dangerous Goods Code.

      Aéreo: ICAO-TI / IATA-DGR

 

Para produto classificado como perigoso para o transporte

  • Número ONU: 1005
  • Nome apropriado para embarque: Amônia Anidra.
  • Classe de risco:  2.3  – Gás tóxico
  • Risco subsidiário: 8 – substância corrosiva
  • Número de risco: 268
  • Grupo de embalagem: Produto comercializado a granel.

REGULAMENTAÇÕES

 

OUTRAS INFORMAÇÕES

A ELEBRATEC recomenda que todos que manipularem este produto leiam com atenção as informações contidas nesta página, visando com isto esclarecer e deixá-las cientes dos riscos relacionados ao produto e, desta forma, contribuir para minimizar (ou até evitar) acidentes que venham a causar danos ao meio ambiente e/ou à saúde do próprio usuário ou de terceiros.

“As informações contidas nesta página de informações de segurança são fornecidas sem ônus para nossos clientes. Todas as informações técnicas e recomendações aqui contidas são baseadas em testes e dados provenientes de publicações técnicas especializadas. Uma vez que a ELEBRATEC não tem controle sobre o uso do produto aqui descrito, esta não assume nenhuma responsabilidade por perdas ou danos causados pelo uso impróprio do mesmo".

Referências

GUIDANCE FOR COMPILATION OF SAFETY DATA SHEETS FOR FERTILIZER MATERIALS. EUROPEAN FERTILIZER MANUFACTURERS’ASSOCIATION (EFMA), 1996.

 

© 2017 ELEBRATEC® Sistemas de Vazão. Todos os direitos reservados.